ISQ fecha acordo de 3 milhões de euros para montagem e testes com foguetões

O grupo ISQ fechou um contrato no valor de três milhões de euros com o CSG - Centre Spatial Guyanais, localizado em Kourou na Guiana Francesa, num acordo que abrange a prestação de serviços de apoio à operação, montagem, integração e teste de foguetões.

O acordo estabelecido vai permitir que o ISQ continue presente no CSG, de forma permanente, até 2022, refere o presidente do ISQ, Pedro Matias, em comunicado.

"O ISQ é a única entidade portuguesa presente, em permanência, no Spaceport de Kourou, desde 2004”, acrescenta o responsável, defendendo que “a engenharia portuguesa é uma referência no Centro Espacial Europeu”, onde são lançados os foguetões de três sistemas de lançamento: o Ariane 5, o Soyuz e o Veja.

Este centro espacial tem uma cota, do mercado mundial de satélites geoestacionários civis, superior a 50%, o que significa que “mais de metade dos satélites geostacionários colocados em orbita nos últimos anos tiveram o acompanhamento de engenheiros do ISQ”. Os satélites orbitais destinam-se a assegurar serviços que vão desde as telecomunicações, internet e observação da terra.

"A presença do ISQ no sector da Aeronáutica e Aeroespacial é o resultado de um trabalho de vários anos, de uma equipa diversificada e qualificada em áreas de elevada complexidade tecnológica e organizacional, que permitiu ao ISQ granjear nome e sucesso no sector, dentro e fora do país", conclui Pedro Matias.

Fonte: Sapo Tek